quarta-feira, 10 de junho de 2009

Sei Bem... Parte UM

Sei bem que palavras são só palavras, que se escritas perpetuam, mas nem sempre são lidas por quem queremos...
Sei bem que amor é só amor, que é um sentimento nobre, mas também sei que nem sempre se deve dizer quem se ama...
Sei bem que somos livres, que fazemos o que queremos, assim como falamos e agimos, mas também tenho consciência de que se mal usados, não representam liberdade...
Sei bem que tenho amigos, como também inimigos. Sei bem que devo confiar e contar sempre com aqueles que eu escolhi como os melhores...
Mas e se der tudo errado? E se eu esquecer que palavras são só palavras e achar que eu posso mudar meu destino com elas? E se eu esquecer que amor é só amor e resolver abrir meu coração e me entregar a uma paixão? E se eu esquecer o conceito de liberdade e falar tudo o que tenho e sinto dentro de mim? E se eu resolver me confundir, e acabar falando o que talvez não deva falar?

Sei bem que tem coisas na vida que valem à pena, sei também que muitas vezes ‘’há males que vem para bem’’, que tem horas que se tem que sofrer para crescer, chorar para amar, e todas essas coisas piegas... Mas o problema é que eu não estou me referindo a algo clichê, ou normal. Essa situação não é daquelas que se vê em filmes, ou daquelas que, para tentar resolvê-las, pode-se recorrer a livros de contos de fadas. E agora? O que faço? O que falo? Para quem confesso o que descobri?

p.s.: segunda e ultima parte em breve!

7 comentários:

matheus disse...

Sempre se pode mudar o destino com palavras, ainda mais sendo elas de amor

gostei, gostei daqui

Hadassah disse...

mais um de seus textos com o final totalmente único e revelador? :)
gostei...
estou curiosa.

ops:brigada. Também gosto muito do seus textos. Você está de parabéns!!
bjs
feliz dia do amor pra vc tb!!! :)

Bill Falcão disse...

"Se tudo der errado?", você pergunta.
Bom, no meu caso quase tudo deu errado. Com alguns erros, aprendi. Com outros, não.
Vamos aguardar a segunda parte, né?

Quanto ao quadrinho lá do blog: o pessoal do lixão comemora o aumento da produção industrial, pois dizem que a crise atual caminha pro fim. Então, vai ter mais lixo, né?
Eles continuarão catando lixo. A crise sempre foi o normal deles.
Só que, com a crise dos ricos, o lixo diminuiu nos últimos tempos, sacô?
Resumindo: HUMOR NEGRO!
Bjoooooooo!!!!!!!!

Hadassah disse...

oi!
Dediquei dois selinhos ao seu blog.
bjs

Rafael disse...

Para mim ;)
bjs

Lara disse...

Estou gostando...
Vamos ver a continuação, será que você me surpreenderá denovo?
beijoos

DiRenan disse...

"E se eu esquecer o conceito de liberdade e falar tudo o que tenho e sinto dentro de mim?"
Liberdade pra mim é isso, e ser você, bom ou ruim. Porém sempre respeitando o outro.
Respeitar o outro sem esquecer de si.